Comunidade Sinagoga sem Fronteiras

I Yeshivá do Sertão Campina Grande

No café da manhã, macacheira, batata doce, tapioca e café.

Nas aulas, hebraico, escrituras, história judaica, ética e cidadania. Nos passeios diversão, treino de Krav Magá e visita guiada a engenho aonde os judeus forçados viviam sua religião à sombra da inquisição.

Durante cerca de 2 semanas jovens de todo o Brasil tiveram a oportunidade de participar da Primeira Yeshivá do Sertão, organizada pelo Rabino Ventura e Rabanit Jacque.

O objetivo, plenamente cumprido, foi proporcionar a dezenas de jovens Bnei Anussim, (descendentes dos judeus forçados), criados, em sua maioria, desde pequenos na fé judaica, porém sem a possibilidade de participar de instituições judaicas formais, de aprender com seus amigos sobre a religião e a cultura de seus ancestrais. 

O sucesso foi tão grande que depois da primeira edição vieram mais 7!

Hoje, passados quase 5 anos, mais de 20 destes jovens tiveram a oportunidade de estudar em Israel, graças às portas abertas pela atuação da Sinagoga Sem Fronteiras.