CONTRIBUA COM O MOVIMENTO!

Valor para contribuição

CONTRIBUA COM O MOVIMENTO!

Valor para contribuição

Sinagoga sem Fronteiras

O Movimento Sinagoga Sem Fronteiras foi idealizado e fundado pelo Rabino Ventura.

A SSF é uma organização não governamental sem fins lucrativos, pioneiro no resgate, acolhimento, formação judaica, orientação, estudos e amparo religioso dos Bnei Anussim.

Os Bnei Anussim, são brasileiros, descendentes de judeus que foram perseguidos durante a Inquisição e obrigados a se converter à fé cristã, passando a serem denominados como “Cristãos Novos”.

Pesquisadores e historiadores especializados no tema estimam que que entre 40 e 50 milhões de brasileiros sejam Bnei Anussim, sendo certo, também, que grande parte manteve tradições e costumes judaicos em suas vidas.

Com o passar do tempo, muitas dessas pessoas passaram a identificar sua ligação com o povo judeu e quiseram se reconectar a suas origens. 

Por outro lado, o povo judeu enfrenta atualmente a maior crise de antissemitismo da história, desde a época do Holocausto Nazista.

A crescente onda do fundamentalismo Islâmico proselitista, que angaria cada dia mais seguidores, associado à deturpação da ideologia comunista por diversos grupos políticos, fornece o combustível necessário para o aumento acentuado do ódio aos judeus, deixando a comunidade judaica acuada e paralisada.

Somando-se a tal cenário, o povo judeu, no Brasil, ainda encara um forte decréscimo populacional/demográfico, na medida que, tendo cada dia menos filhos, se casando com pessoas de outras culturas/religiões, bem como pela assimilação crescente, passaram a representar uma parcela ínfima, e quase irrelevante, da população nacional.

Tal circunstância, conduziu a uma perda substancial de força política e social, fator que propiciou e criou as condições adequadas a ampliação das perseguições, ataques à comunidade e seus integrantes.

História Judaica no Brasil

Você sabia que grande parte dos brasileiros é descendente dos chamados “cristãos-novos”, judeus obrigados a se converter ao catolicismo, durante a nossa colonização, para não serem perseguidos pela Inquisição? Pois é.

Essa é uma história que nos foi escondida, abortada dos currículos escolares, discriminada e ignorada por cinco séculos, mas, graças à iniciativas corajosas e de vanguarda, está sendo descortinada.

Judaísmo

Comunidade Sinagoga sem Fronteiras

Ações Sociais

Cursos

ENTRE EM CONTATO

Sinagoga Sem Fronteiras tem prazer em atender e valoriza sua opinião. Fale conosco através do telefone por ligação ou WhatsApp. Se preferir preencha o formulário com suas dúvidas, críticas, experiências e sugestões.

17 98765-4321